Visual Merchandising

Visual merchandising
  • Oi, o que você faz?
  • Sou Visual Merchandiser!
  • Hã? E…?

Já passei muito por essa situação! Difícil as pessoas, de fora do meio, entenderem de cara qual é minha profissão. Talvez porque ela seja relativamente nova e começou a ser mais amplamente difundida por aqui na primeira década do século XXI. Mas vou falar deste contexto em outro momento, agora gostaria de explicar melhor este conceito!

Gosto de comparar o VM (essa abreviação é muito usada) ao processo da conquista. Quando nos interessamos por alguém, nos esforçamos para nos apresentar diante desta pessoa na melhor versão de nós mesmos! Primeiro, queremos IMPACTAR através da nossa aparência (mesmo quando esse processo não é assim tão consciente), pense naquelas situações que você demorou horas escolhendo uma roupa e se arrumando só porque ia a um lugar no qual havia a possibilidade de encontrar a pessoa desejada! Você não podia correr o risco de se deparar com alguém que ‘parecesse’ mais interessante que você, não é? Suponhamos que você conseguiu se ‘destacar’ neste processo e vocês marcam um primeiro encontro. Então, cada detalhe é pensado com precisão (seu visual, o lugar, a conversa…) para que a IMPRESSÃO causada seja realmente boa e desperte o desejo de continuidade da relação. Mas a aparência não se sustenta sozinha, (há quem ainda discorde, mas… vamos por este caminho!) se não houver conteúdo e afinidade, dificilmente este possível relacionamento terá um futuro.

Essa relação também se dá no ponto de venda! Pra mim, o processo da conquista e sedução está para o início de um relacionamento assim como o VM está para o sucesso de um produto / marca.

Em meio a tantos concorrentes sua marca tem apenas alguns segundos (mas precisamente 3!) para IMPACTAR o consumidor que passa em frente a sua loja. A vitrine exerce o poder de sedução que pode levar o shopper a escolher você ao invés do seu vizinho! Mas assim como a aparência não é o suficiente para segurar um parceiro, uma vitrine incrível não é o suficiente para envolver o cliente. Ela é  apenas o primeiro passo! A mensagem encontrada dentro da loja precisa dialogar com ela e com a proposta da marca, ou seja, o conteúdo tem que ser coerente com a imagem.

Topshop - Londres

Topshop – Londres

O Visual Merchandising é a apresentação do produto na sua potencialidade máxima! E isso ocorre através de diversos fatores (vamos explorá-los mais detalhadamente em outros textos) como acessibilidade e sinalização clara, ambiente convidativo e envolvente que proporcionem experiências positivas, boa iluminação e equipe capacitada para oferecer um atendimento coerente com os valores da marca.

Gosto bastante de duas definições do Tony Morgan que dizem o seguinte:

Sobre vitrines:

“Não há dúvidas que vitrines são uma forma de venda se forem atrativas e inovadoras. (…) Uma vitrine bem composta não só atrai o cliente para dentro da loja como também fortalece a imagem da marca. Ela funciona como uma ferramenta publicitária e também fornece uma visão do que o consumidor encontrará dentro da loja”.

Sobre a exposição dos produtos no interior da loja:

“O merchandising interno é o processo usado para guiar os consumidores de forma lógica por uma loja, estimulando-os a pararem em pontos específicos e realizar a compra. Se perguntarmos aos clientes porque suas marcas preferidas estão tão bem colocadas em seus conceitos eles provavelmente dirão que é devido à boa sinalização, a facilidade de visualizar o produto e comprar. Essas respostas significam um visual merchandising eficaz”!

Por isso o visual merchandising é uma importante ferramenta de venda para impactar o consumidor de forma positiva, agregar valor a uma marca e influenciar a decisão de compra.

vm-book
Morgan, Tony. Visual Merchandising: Window and in-store display for retail. London: Laurence King, 2008.

6 Comentários

  • Aclesson Florencio

    Boa noite. Sou Consultor de Visual Merchandising. Gostaria me manter informado sobre esta maravilhosa área/profissão através de vocês.

    att,
    Aclesson Florencio

  • gustavo itahim

    gostaria que me mantivesse informado sobre tudo de visual merchandising…dicas, os melhores cursos….tem curso de visual merchandising em Nova York? Achei na Europa muito caro….

    • Olá Gustavo, tudo bem? Nos acompanhe por aqui e nas redes sociais que você com certeza ficará por dentro das últimas novidades na área ;)! Em NY existem excelentes cursos mas também temos ótimas opções aqui no Brasil, principalmente em São Paulo. Nós oferecemos um de curta duração que está com as inscrições abertas para a turma de junho! Saiba mais aqui. Abraço.

  • Simone Drecshler

    Olá!!! Tudo bem… Gostaria de ser informada sobre Curso de visual Merchandising , em São Paulo!!!
    Duração !!!! Etc!! Moro no Rio de Janeiro!! Tem algum Curso ..!! Bom ?

    • Olá Simone, esperamos que esteja bem! Oferecemos o curso de Visual Merchandising com um formato que pode ser bem interessante pra você. Ele se inicia neste segunda-feira – 07/03 – e tem duração de 4 dias consecutivos. Na aba WhatEver Escola Criativa você encontra todas as informações necessárias. Qualquer dúvida fale conosco através do e-mail contato@whatevervarejocriativo.com. Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s